domingo, 7 de novembro de 2010

Le pari: Ao Vento


A aventura de se deixar levar por um sentimento, seja ele qual for é um risco incalculável a sanidade mental e ao equilíbrio emocional de qualquer pessoa que julgue-se em seu devido eixo emocional, quase como acordar de uma noite mal dormida, com uma puta dor de cabeça e num piscar de olhos se ver a porta de um avião preste a saltar sem sabem quem dobrou o para-queda, com a duvida se realmente ele vai abrir, e mesmo com essa duvida mortal você se lança ao vento de peito aberto.

Hoje começo a contar a saga desse salto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário